A estrutura da população activa

A população ativa constitui um importante recurso para o desenvolvimento do concelho, uma vez que a mão de obra representa um dos principais fatores para a criação de riqueza.evolução popA população ativa tem sofrido alterações em termos quantitativos ao longo do período analisado. Assim, de 1981 a 2001 ocorreu um crescimento significativo de 7432 ativos. No entanto, o período de 2001 a 2011 apresentou um crescimento mais baixo de apenas 29795 ativos.

 

pop ativa

No período em análise, a população ativa tem sofrido alterações significativas. A classe etária com maior percentagem de ativos em 1981 e 2001 era a dos 15 aos 24 anos, no entanto, em 2011 a faixa etária mais significativa era dos 25 aos 34 anos, fruto do aumento de efectivos nesta faixa etária.

A classe etária dos 0 aos 15 anos registou um aumento de 1981 para 2001, quando passou dos 6% para 22%, tendo uma consequente diminuição para 13% em 2011, fruto do aumento da escolaridade obrigatória, explicação esta também aplicada à diminuição verificada entre 1981 e 2011, na classe etária dos 15 aos 24 anos, quando desceu de 41% para 26%. Já a população dos 25 aos 34 anos apresentou um ligeiro aumento de 6% no período de 1981 a 2011 enquanto que, entre os 35 e os 44 anos, aumentou significativamente para os 23%. Por sua vez, dos 45 aos 54 anos houve uma diminuição de 6% entre 1981 e 2001 tendo, consequentemente, registado um aumento de 4%, de 2001 para 2011. Já na classe etária dos 55 aos 64 anos houve uma diminuição de 5% de 1981 para 2001, tendo permanecido constante até 2011. Por último, a faixa etária dos 65 anos ou mais anos apresentou um valor de 1% em 1981 tendo diminuído até 2011.

 

 Taxas de atividade e de desemprego 

taxa atividade

Analisando a evolução da taxa de atividade verifica-se uma redução de 1940 (59,4%) para 1981 (44,6%). No entanto, há que esclarecer que em 1940 era considerada população ativa, a população a partir dos 10 anos de idade que, aliada a elevadas taxas de natalidade explica o elevado valor da taxa de atividade quando comparado com as décadas seguintes. Em 1981 verifica-se um ligeiro abrandamento na tendência de crescimento devido ao aumento do período de escolaridade com o consequente retardamento da entrada na vida ativa e ao envelhecimento populacional. A partir da década de 90 do século passado, a taxa de atividade foi aumentando ligeiramente, uma vez que passou dos 50,1% em 2001 para 51,3% em 2011.

taxa desemprego

O concelho de Felgueiras tem registado nas últimas décadas um aumento da taxa de desemprego, à semelhança do que se passa no país e na maior parte dos países da União Europeia. Esta situação poderá ver-se agravada dada a elevada percentagem de população a trabalhar no sector secundário, setor este, cuja tendência poderá passar pela sua deslocalização para países com mão de obra mais barata ou o seu encerramento face à elevada competitividade do mercado asiático que compete com preços mais baixos dos produtos.

População empregada segundo a sua situação na profissão

1981

2001

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

2011

No que toca à população empregada, segundo a situação na profissão  constata-se claramente que a sua maioria trabalha por conta de outrem dada a importância do sector do calçado, apresentando valores de 38% e 42% no período de 1981 a 2011, respetivamente. Apenas uma pequena parte trabalha por conta própria, apresentando uma percentagem de 7% tanto em 2001 como em 2011.